Helicóptero russo voa a 8,6 mil metros e bate recorde mundial de altitude

Aeronave Mi-38 chega a 8,6 mil metros e alcança a melhor marca na categoria entre 10 e 20 toneladas

EFE | - Atualizada às

EFE

O helicóptero de passageiros Mi-38, de fabricação russa, bateu o recorde mundial de altura na categoria entre 10 e 20 toneladas após chegar nesta segunda-feira 8,6 mil metros. A marca foi alcançada durante uma competição esportiva organizada pela Federação Aeronáutica Internacional (FAI), nos arredores de Moscou.

Leia também:  Teste de jato hipersônico não tripulado dos EUA falha

Reprodução
Fabricação em sério do Mi-38 está prevista para 2015

"A marca foi batida por Vladimir Kutanin (primeiro piloto), Salavat Sadriyev (segundo piloto), Oleg Repetilo (navegante) e Igor Klevantsev (engenheiro de bordo), tripulação de provas da fábrica de Milia (Moscou), integrada no consórcio Helicópteros da Rússia", explicou um comunicado da companhia.

O recorde anterior de altura nesta categoria (8,5 mil metros) também pertencia a uma tripulação russa.

Resgate

O novo helicóptero Mi-38, cuja fabricação em série está prevista para 2015, é desenhado para o transporte de passageiros ou cargas, embora também possa ser usado em trabalhos de rastreamento e resgate.

O Mi-38 conta com um sistema de pouso de emergência na água e pode voar em condições meteorológicas extremas, com temperaturas que vão de -50º até 60º.

    Leia tudo sobre: helicópterorússiarussomi-38tripulaçãocompetição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG