Exército colombiano estoura emissora clandestina das Farc

No local, segundo as autoridades do país, foram encontrados um gerador, uma CPU, um monitor e 300 metros de cabo para comunicações, entre outros equipamentos

EFE |

EFE

O exército colombiano estourou uma emissora clandestina da guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) nos Llanos Orientales, informaram neste sábado (25) fontes militares. A emissora foi encontrada na zona rural da cidade de Cubarral, no departamento de Meta.

Leia mais: Governo Uribe protegeu paramilitares, diz ex-chefe de segurança

Relembre: Motocicleta-bomba das Farc mata criança na Colômbia

Tragédia: Ataque das Farc em festa popular deixa dois militares mortos

Tropas da 13ª Brigada chegaram ao local em que funcionava a rádio, que pertencia à Frente 53 das Farc. No local, foram encontrados "um gerador, uma CPU, um monitor, uma bateria de alta potência, 300 metros de cabo para comunicações, quatro escâneres, diferentes equipamentos de comunicação e material de guerrilha", relatou um comunicado oficial.

Saiba mais: Leia todas as notícias sobre as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia

Muito perto dali, acrescentou o informe, foi localizado um esconderijo em que encontraram "quatro explosivos improvisados de sistema de ativação por pressão, 50 metros de cabo para explosivos, 25 quilos de mantimentos e uniformes".

As tropas entregaram às autoridades competentes as equipes "de importância para a doutrinação dos integrantes e colaboradores da organização insurgente", segundo o reporte.

As Forças Militares colombianas já estouraram outras emissoras como "A Voz da Resistência", assim como jornais clandestinos da principal guerrilha do país. Não foram informados confrontos nem prisões durante a operação. 

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG