Incêndio avança e Califórnia declara estado de emergência

Fogo avança sobre comunidade na entrada de um parque nacional; pelo menos 64 foram destruídas pelas chamas

Reuters |

Reuters

O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou estado de emergência em três condados do norte da Califórnia na quarta-feira depois que um incêndio florestal que já destruiu 64 casas avançou, com chamas de 23 metros, sobre uma pequena comunidade na entrada de um parque nacional.

Bombeiros tentavam desviar o chamado "Incêndio Ponderosa", que já queimou mais de 9,7 mil hectares de terra antes de chegar aos arredores de Mineral, uma pequena comunidade com menos de 200 pessoas ao sul do Parque Nacional Vulcânico Lassen.

Leia também: Fogo destrói 50 construções no norte da Califórnia, nos EUA

AP
Destruição causada por fogo em Manton, na Califórnia (22/08)

As autoridades emitiram um alerta para a retirada dos habitantes de Mineral à medida que as chamas chegavam nas laterais da rodovia 36, a rota principal para a cidade, e queimavam por entre um desfiladeiro rochoso, onde os bombeiros tinham dificuldade para tomar uma posição.

"Toda a vegetação está pronta para queimar e, assim, uma vez que os ventos da tarde começam a soprar no canyon, estes combustíveis queimam de forma agressiva e você tem o que chamamos de condições de explosão", afirmou o Chefe de Divisão de Incêndios de Chico, Shane Lauderdale, à Reuters.

Beth Glenn, que disse que sua família é proprietária da maioria das empresas da pequena Mineral, disse que a cidade sobreviveu a um incêndio que atingiu o mesmo canyon na década de 1990, mas está preocupada que o Ponderosa possa ser pior.

Leia também: Incêndios destroem florestas na Europa

"Eu não sei o que vai acontecer", disse Glenn, de 58 anos, cujo hotel e loja no coração de Mineral estavam sendo usados por bombeiros para divulgar informações aos moradores.

O incêndio provocado por um raio estava ameaçando Mineral depois que as equipes de combate conseguiram afastar as chamas de duas pequenas comunidades a oeste, Shingletown e Manton.

Ao todo, mais de 3 mil pessoas foram forçadas a fugir de suas casas nos condados rurais de Tehama e Shasta, na Califórnia, cerca de 200 quilômetros ao norte da capital do Estado, Sacramento.

O incêndio Ponderosa é um dentre as dezenas de queimadas por vários Estados do Oeste dos EUA que enfrentam a seca, incluindo um incêndio que destruiu dezenas de casas nesta semana no Estado de Washington e outro que ameaçava uma cidade no sul da Califórnia.

    Leia tudo sobre: euacalifórniaincêndiosfogo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG