Acidente de avião mata ministro do Sudão e mais 30

Aeronave bateu em montanha devido a condições meteorológicas. Todos os 31 passageiros que estavam aeronave morreram

iG São Paulo | - Atualizada às

Ao menos 31 pessoas morreram neste domingo em um acidente de avião no Sudão. Entre os mortos, estão o ministro sudanês Ghazi al Sadeq e outros membros do governo, que estava indo para um festival islâmico no sul do país. A aeronave bateu em uma montanha devido ao mau tempo, informaram as agências internacionais.

Estados Unidos:  Sobreviventes filmam momento de acidente de avião nos EUA

Leia também: Companhia aérea do Vietnã é multada por desfile de biquínis durante voo

Saiba mais: Veja o especial do iG sobre desastres aéreos

Em um breve comunicado divulgado pela televisão estatal, a presidência explicou que Sadeq viajava rumo a Taludi, no estado de Cordofão do Sul, para participar com os habitantes dessa cidade nas celebrações do Eid ul-Fitr, que marca o final do Ramadã.

Os passageiros que viajavam no avião, pertencente à companhia aérea de voos internos Alfa, morreram e ficaram queimadas, dificultando os trabalhos de identificação, segundo disse à Agência Efe uma fonte da Aviação Civil.

No avião também se deslocavam o ministro para Meio Ambiente e Turismo, Aisa Daifala; o governador de um distrito de Cartum, Tareq Ibrahim; e o líder do partido A Justiça, Meki Ali Balayel, segundo essa mesma fonte. Antes, a fonte tinha informado da catástrofe, que atribuiu a "uma explosão", sem especificar sua origem.

Segundo as primeiras informações, a aeronave fez duas tentativas de aterrissar em Taludi, mas não conseguiu por causa das condições meteorológicas, e acabou batendo contra uma montanha ao leste da cidade.

Com EFE e Reuters

    Leia tudo sobre: sudãoacidentes aéreosavião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG