Trabalhadores estavam a cerca de 100 metros de profundidade quando aconteceu deslizamento de terra

EFE

Pelo menos 60 mineiros morreram após um deslizamento de terra ocorrido em uma pedreira situada em uma zona remota do nordeste da República Democrática do Congo (RDC), informou a emissora congolesa "Radio Okapi", patrocinada pela ONU.

Leia também:  Missão tenta salvar gorilas ameaçados em meio a conflito no Congo

A tragédia aconteceu na última segunda-feira na área de Pangoy, mas a informação só foi divulgada agora. Os mineiros trabalhavam em uma pedreira a cerca de 100 metros de profundidade quando aconteceu a tragédia. A zona é rica em minerais como ouro e columbita-tantalita, que é utilizada na fabricação de diversos dispositivos eletrônicos.

Milhares de pessoas ganham a vida na República Democrática do Congo em minas artesanais que não contam com medidas de segurança apropriadas, pelo que estão expostas a acidentes com frequência. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.