Índia festeja 65 anos de independência

No evento, primeiro ministro aproveitou para pedir esforços na luta contra a pobreza

EFE |

EFE

Milhões de indianos celebraram nesta quarta-feira o Dia da Independência em um ambiente de calma e com um amplo desdobramento de segurança na capital, Nova Délhi, onde o primeiro-ministro Manmohan Singh pediu esforço na luta contra a pobreza.

AP
Crianças comemoram data com as cores da bandeira da Índia


"Este é um dia para celebrar o êxito de nossa democracia, mas também devemos refletir. Só alcançaremos a independência de verdade quando acabarmos com a pobreza, o analfabetismo, a fome e o atraso", avaliou Singh em seu discurso anual.

Singh, de 79 anos, visitou durante a manhã o memorial onde foi cremado Mahatma Gandhi após seu assassinato, em 1948, e depois se deslocou ao Forte Vermelho, uma fortaleza localizada no centro da capital indiana, para pronunciar seu tradicional discurso.

Neste local, cumprimentou a guarda de honra e gritou as palavras "Jai Hind!" ("Viva a Índia!") diante de centenas de crianças enquanto milhares de balões de gás com as cores da bandeira nacional ganhavam o céu.

Nos últimos 65 anos, os diferentes líderes indianos foram incapazes de proporcionar um nível de vida digno a seus cidadãos, e, embora na última década as taxas de crescimento tenham aumentado consideravelmente, o país parece estar perdendo fôlego devido à crise internacional. Além disso, a Índia tem relações conturbadas com a maioria de seus vizinhos e sofre tensões internas relacionadas às diferenças religiosas, regionais, de idioma e casta.

No plano político, a atenção do país esteve voltada nos últimos meses para os fortes protestos civis contra a corrupção, que o primeiro-ministro prometeu reduzir com "novos esforços de transparência e responsabilidade". Seguindo a tradição, as crianças indianas festejaram o Dia da Independência - obtida do Império Britânico em 1947 - soltando pipas coloridas. 

    Leia tudo sobre: índiaindependênciaManmohan Singhgandhi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG