Banco Standard Chartered é multado em US$ 340 milhões por esquema com o Irã

Banco com sede no Reino Unido foi acusado de lavar dinheiro em 60 mil transações com o governo iraniano que envolveram cerca de US$ 250 bilhões

iG São Paulo | - Atualizada às

O banco Standard Chartered , acusado de lavar dinheiro em operações com o governo iraniano , concordou em pagar multa de US$ 340 milhões ao Departamento de Serviços Financeiros de Nova York.

EUA:  Banco Standard Chartered é acusado de lavar dinheiro em esquema com o Irã

AP
Fachada do banco britânico Standard Chartered, em Hong Kong (foto de arquivo)

Além da multa que será paga, segundo o superintendente de serviços financeiros Benjamin Lawsky, o banco contará com monitores do departamento por ao menos dois anos que avaliarão os controles de risco de lavagem de dinheiro em sua filial em Nova York e tomar medidas corretivas, se necessário.

O órgão de Nova York acusou no início de agosto de o banco britânico de lavar dinheiro em um esquema com o governo iraniano que envolveu cerca de US$ 250 bilhões, entre os anos de 2001 a 2007.

Segundo o Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York, o banco fez 60 mil transações secretas para “instituições financeiras iranianas”, entre 2001 e 2007, que eram alvo de sanções econômicas lançadas pelos Estados Unidos.

O direito executivo do banco Peter Sands esteve em Nova York negociando com o departamento. O banco admitiu que algumas das transações infringiram as sanções lançadas pelos EUA, mas disse que elas chegaram a um total de US$ 14 milhões.

*Com AP e BBC

    Leia tudo sobre: irãlavagemStandard Charteredirãeuanova yorksançõesreino unido

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG