Violência deixa 23 mortos no estado mexicano de Zacatecas

Entre os mortos está um dos criminosos mais procurado pelas autoridades do país

EFE |

EFE

Quinze supostos criminosos morreram e outros 14 foram detidos em diferentes operações produzidas por forças federais e estaduais em Zacatecas, no centro do México, enquanto oito corpos foram encontrados em uma caminhonete no mesmo estado.

Em uma das operações, seis supostos membros do crime organizado, entre eles "Comandante Mara" - um dos delinquentes mais procurados pelas autoridades -, morreram em enfrentamentos com militares no município de Saín Alto, informou o secretário do Governo de Zacatecas, Esaú Hernández.

O secretário precisou durante uma entrevista televisiva que também foram detidos 14 supostos delinquentes em outra batida, esta liderada pela Polícia Federal no Campo Menonita Número Cinco, no município de Rio Grande.

Outros nove supostos integrantes do crime organizado morreram em outras ações de forças federais e estaduais, segundo reportes oficiais. Por outro lado, porta-vozes da Promotoria e da Secretaria de Segurança Pública do estado confirmaram à Agência Efe que foram encontrados oito corpos no município de Fresnillo.

Segundo as fontes consultadas, os corpos, com marcas de tortura e já em avançado grau de decomposição, estavam dentro de uma caminhonete a alguns quilômetros de um reserva do Exército na comunidade de El Membrillo. 

    Leia tudo sobre: méxicoviolênciamortosZacatecas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG