Três soldados americanos são mortos a tiros no Afeganistão

Ataque foi feito por homem vestido com uniforme afegão; este ano, 21 ataque similares mataram ao menos 30 militares da Otan

iG São Paulo | - Atualizada às

Um homem vestido com um uniforme afegão matou a tiros três soldados americanos nesta sexta-feira no norte do Afeganistão. Segundo a Associated Press, este ano foram registrados 21 ataque similares - nos quais forças afegãs ou insurgentes disfarçados mataram tropas internacionas - que deixaram ao menos 30 mortos.

Leia também:  Governo britânico se desculpa por erro com restos mortais de soldados

O ataque desta sexta-feira aconteceu no distrito de Sangin, na província de Helmand, de acordo com a porta-voz das tropas americanas, major Lori Hodge. Ela não deu detalhes sobre o caso e disse que a investigação ainda está em andamento.

Relatos sobre o episódio são contraditórios. O governador de Sangin, Mohammad Sharif, disse que os tiros foram disparados em um posto de controle da polícia, mas o comandante afegão Farooq Parwani disse que o ataque aconteceu em uma base americana. Também não está claro se o insurgente vestia um uniforme da polícia ou do Exército.

Por telefone, o porta-voz do Taleban, Qari Yousef Ahmadi, disse que o agressor se uniu à insurgência após o ataque. Segundo Ahmadi, ele é um policial da região de Helmand que participava do treinamento de policiais locais junto aos soldados americanos.

Também na sexta-feira, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) afirmou que outro soldado da coalizão foi morto por insurgente no sul do Afeganistão. Com isso, chega a 19 o número de militares mortos este mês no país.

Além disso, em outra parte da província de Helmand, seis afegãos foram mortos quando um carro passou por uma bomba colocada em uma estrada. As vítimas são três crianças, duas mulheres e um homem.

Com AP

    Leia tudo sobre: afeganistãootanexércitoeuaguerra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG