Coreia do Sul multa monges filmados jogando pôquer

Imagens de jogatina em hotel - algo proibido no país - causaram polêmica e a renúncia de seis membros do comitê executivo da ordem de Jogye

iG São Paulo | - Atualizada às

Um tribunal sul-coreano multou dois jovens monges budistas filmados jogando pôquer , informou uma fonte judicial nesta sexta-feira. O tribunal central de Seul condenou os acusados a pagar dois milhões de wons cada um (cerca de US$ 1.725 ou R$ 3.482).

Leia também:  Vídeo de monges bebendo e jogando causa polêmica na Coreia do Sul

As imagens filmadas por um monge mostraram oito outros monges apostando milhares de dólares em um quarto de hotel do condado de Jangseong (sul), no mês de abril. Jogar fora de cassinos licenciados e pistas de corridas de cavalos é ilegal na Coreia do Sul e desaprovado por líderes religiosos. 

Não está claro porque apenas dois monges foram multados. Por causa do escândalo, seis membros do comitê executivo da ordem de Jogye, à qual os monges pertenciam, renunciaram. A ordem afirma ter 10 milhões de membros na Coreia do Sul, país com 50 milhões de habitantes.

Veja as imagens dos monges jogando:

Com AFP

    Leia tudo sobre: coreia do sulmongespôquer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG