Agni II pesa 16 toneladas e pode atingir alcance de mais de dois mil quilômetros

EFE

A Índia testou com sucesso nesta quinta-feira o míssil balístico terra-terra Agni-II, com capacidade nuclear e um alcance de mais de dois mil quilômetros, segundo informou uma fonte da Defesa.

O lançamento, que faz parte do programa de mísseis guiados para defesa, aconteceu às 9h locais (0h30 de Brasília) desde a ilha de Wheeler, situada no distrito de Bhadrak, na região oriental de Orissa.

"Foi um sucesso total. Foi um teste de uso, que correu a cargo do pessoal militar", disse à agência indiana "Ians" o chefe do centro de testes, M.V.K.V. Prasad.

O Agni II, considerado de médio alcance, é um míssil de 16 toneladas e com capacidade para transportar uma tonelada de carga, e já faz parte do arsenal das Forças Armadas da Índia. O míssil é de duas fases e teoricamente pode ser lançado desde plataformas ferroviárias ou de estradas, com um tempo de preparação de 15 minutos.

A Índia mantém há anos uma corrida armamentista com seu rival e vizinho Paquistão, que também possui armas nucleares, mas também tem o objetivo de desenvolver um poder dissuasório eficaz com relação à China, com quem mantém disputas fronteiriças. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.