Monte Tongariro surpreendeu especialistas do país lançando nuvem de cinzas e provocando transtornos na região

BBC

Um vulcão que estava adormecido havia 115 anos entrou em erupção na Nova Zelândia, deixando as autoridades em alerta.

Por volta das 0h desta terça-feira, (9h da manhã de segunda-feira, horário de Brasília), o vulcão Monte Tongariro lançou, por 30 minutos, uma nuvem de cinzas a mais de 6 mil metros de altura, em meio a explosões, vapor e rochas.

Homem tira cinzas expelidas pelo Monte Tongariro de seu carro
AP
Homem tira cinzas expelidas pelo Monte Tongariro de seu carro


A atividade vulcânica chegou a atrasar alguns voos e causar o fechamento de ruas por conta de pouca visibilidade.

O porta-voz da defesa civil do país, Tony Wallace, disse à BBC Brasil que ninguém ficou ferido no incidente e que o impacto da erupção foi mínimo, já que a região é pouco habitada.

"Nós estamos em uma fase de monitoramento para ver se ocorrem outras erupções", disse ele.

A área não chegou a ser evacuada, mas autoridades pedem que as pessoas permaneçam dentro de casa e mantenhas as janelas fechadas.

Monte Tongariro é um dos três vulcões localizados na região da ilha norte da Nova Zelândia.

O Monte Tongariro ainda liberava vapor nesta terça-feira, mas as atividades vulcânicas já diminuíram. A polícia disse que as ruas já foram reabertas.

Vista aérea mostra cinzas sobre casas de vilarejo
AP
Vista aérea mostra cinzas sobre casas de vilarejo


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.