Atentado suicida mata sete pessoas na Nigéria

Um homem jogou um carro cheio de explosivos contra grupo de militares que realizava patrulha em Damaturu; além dos mortos, entre eles seis soldados, 10 pessoas ficaram feridas

EFE |

EFE

Sete pessoas, entre elas seis soldados, morreram neste domingo (5) em um atentado suicida na cidade de Damaturu, capital do estado de Yobe, no norte da Nigéria, informaram fontes policiais.

Leia mais: Homem-bomba mata ao menos 45 pessoas em cidade do Iêmen

Leia também: Cruz Vermelha é atacada por foguetes e granadas na Líbia

Patrick Egbunime, chefe da polícia local, explicou que um homem jogou um carro cheio de explosivos contra um grupo de militares que estava realizando uma patrulha em Damaturu. Além dos mortos, dez pessoas ficaram feridas, entre elas nove soldados.

Saiba mais: Ataque deixa ao menos 15 soldados egípcios mortos na península do Sinai

Leia também: Militantes da Al-Qaeda tentam fugir de Abu Ghraib por túnel

Até o momento, não se sabe o motivo do ataque, mas as suspeitas recaem sobre a seita radical islâmica Boko Haram, que vem realizando vários atentados terroristas no estado de Yobe. Boko Haram, que significa em língua local a educação não islâmica é pecado", luta por instaurar a lei islâmica ("sharia") no norte da Nigéria, de maioria muçulmana, enquanto o sul do país é predominantemente cristão.O grupo matou mais de 1.200 pessoas desde 2009 na Nigéria.

Com mais de 150 milhões de habitantes divididos em mais de 200 grupos tribais, a Nigéria, o país mais povoado da África, sofre tensões por suas profundas diferenças políticas, religiosas e territoriais.

    Leia tudo sobre: nigériaatentadoatentado suicidaviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG