Atentado suicida deixa ao menos 42 mortos no sul do Iêmen

Acredita-se que Al-Qaeda esteja por trás de ataque durante funeral em Yaar, na província de Abyan

iG São Paulo | - Atualizada às

Um ataque suicida deixou ao menos 42 mortos em Yaar, no sul do Iêmen, neste sábado, durante o funeral de um homem ligado a milícias que ajudaram o Exército do país em sua ofensiva contra a Al-Qaeda.

Leia mais: Espanha prende supostos membros da Al-Qaeda que planejavam atentado

A rede terrorista é apontada como culpada pelo atentado, embora não o tenha reivindicado até agora.

O governador da província de Abyan, Jamal al-Aqal, afirmou que uma investigação foi aberta para apurar esse ataque "criminoso e covarde".

Yaar foi um reduto da Al-Qaeda até junho, quando o Exército recuperou o controle da cidade. 

Com EFE

    Leia tudo sobre: al qaedaatentadoterrorismoiêmen

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG