Obama comemora 51 anos em meio à campanha por reeleição

Presidente receberá partidários que fizeram doações em troca da chance de participar de festa em sua casa em Chicago

iG São Paulo | - Atualizada às

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, completa 51 anos neste sábado, em meio à campanha para conquistar um segundo mandato na eleição de novembro. A principal comemoração será em 12 de agosto, quando o presidente receberá partidários que fizeram doações em troca da chance de celebrar a data em sua casa em Chicago.

Neste sábado, Obama jogou golfe na base aérea de Andrews e tinha um jantar marcado com a mulher na residência presidencial de Camp David. As filhas do casal passaram a semana em um acampamento de verão e não está claro se elas participarão do jantar.

Saiba mais: Veja todas as notícias sobre as eleições nos EUA

Divulgação / Casa Branca
O presidente dos EUA, Barack Obama, fala ao telefone a bordo do Air Force One (01/08)

A festa para doadores mostra a importância da arrecadação de fundos para Obama, que nos últimos meses conseguiu menos dinheiro do que seu rival, o republicano Mitt Romney .

No início do mandato, Obama preferia comemorações privadas: em seu aniversário de 2009, o presidente ganhou uma festa surpresa de sua mulher, Michelle, para a qual só foram convidados amigos e familiares.

Em 2010, Obama celebrou o aniversário com um torneio de basquete do qual participaram atletas profissionais e universitários.

No ano passado, já tendo oficialmente anunciado a intenção de concorrer a um novo mandato, o presidente comemorou a data com um evento de arrecadação de fundos no qual a cantora Jennifer Hudson interpretou “Parabéns a você”. Mesmo a festa privada na Casa Branca não foi tão íntima assim, sendo convidadas celebridades como o ator Tom Hanks. Pela internet, foram vendidos produtos comemorativos.

De acordo com o jornal The New York Times, nos próximos dias partidários de Obama farão cerca de mil eventos para comemorar o aniversário do presidente e, é claro, fazer campanha em seu favor.

Várias pesquisas mostram uma disputa acirrada em todo o país entre o presidente democrata e Romney no momento em que a economia dos EUA está em dificuldades e o desempregopermanece elevado.

Com informações do New York Times

    Leia tudo sobre: eleição nos euaobamaeuarepublicanosdemocratasarrecadação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG