Trem pega fogo e deixa ao menos 47 mortos na Índia

Incêndio em vagão durante a madrugada, quando a maioria dos passageiros dormia, pode ter sido provocado por curto-circuito

iG São Paulo | - Atualizada às

Um incêndio em um trem deixou ao menos 47 mortos no sul da Índia nesta segunda-feira. Autoridades acreditam que o fogo foi provocado por um curto-circuito em um dos vagões durante a madrugada, quando grande parte dos passageiros dormia.

Leia também: Colisão de trens deixa ao menos 25 mortos na Índia

Reuters
Policiais observam danos causados por fogo em vagão de trem em Nellore, no sul da Índia

Um funcionário do sistema ferroviário percebeu que o vagão estava pegando fogo quando o trem, que ia de Nova Délhi para Chennai, no sul do país, passou pela cidade de Nellore por volta das 4h (horário local). Mais de 70 passageiros estavam no vagão e, segundo a agência indiana Ians, muitos saltaram do trem em movimento para se salvar.

Depois de o trem parar, os passageiros foram evacuados e o vagão desvinculado dos demais, para evitar a propagação das chamas. Pelo menos 28 passageiros estão hospitalizados por causas de queimaduras graves e dois têm estado grave.

“Acordamos de repente, com o trem parando. Foi aí que percebemos o fogo em uma das extremidades do vagão e começamos a gritar”, disse um passageiro que se identificou como Shantanu à TV indiana. “As pessoas ainda estavam dormindo, mas quando perceberam o perigo correram para a porta. Até chegarmos lá, tudo já estava tomado pelo fogo.”

AP
Equipes combatem fogo em vagão de trem na Índia

Autoridades trabalham na identificação das vítimas, uma tarefa complexa dado o nível de queimadura em alguns corpos. Segundo a polícia, a identificação preliminar está sendo feita com base na lista de passageiros.

O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, transmitiu suas condolências às famílias das vítimas. O país tem uma das maiores redes ferroviárias do mundo, com mais de 10 mil trens e 64 mil quilômetros de trilhos. Cerca de 20 milhões de pessoas usam o transporte diariamente.

Com AP e EFE

    Leia tudo sobre: índiaacidente de tremincêndiotrem

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG