Corpo de estudante morta no Peru é velado em SP

Paula Sibov, de 24 anos, morreu ao cair em abismo de 200 metros em trilha na região de Sangay no domingo

Agência Estado | - Atualizada às

Agência Estado

O corpo da estudante de medicina da PUC-Campinas Paula Sibov, de 24 anos, que morreu ao cair de um penhasco domingo, 22, no sul do Peru, é velado na tarde desta sexta-feira em Osasco, na Grande São Paulo.

Leia também: Estudante de medicina brasileira cai em abismo e morre no Peru

Futura Press
Foto reproduzida de site de relacionamento mostra estudante de medicina Paula Sibov, que morreu após cair de um penhasco no Vale do Colca, no Peru

O enterro está previsto, segundo o Cemitério Municipal de Osasco, também para esta sexta-feira. O corpo chegou nesta manhã ao Aeroporto Internacional de São Paulo (Cumbica), em Guarulhos. Depois seguiu para o Cemitério de Osasco, onde é velado desde as 13h30.

Paula morreu na região de Sangay conhecida como El Oásis, área usada para trilhas. A estudante caiu de uma altura aproximada de 200 metros e foi resgatada por homens da Polícia Nacional e trabalhadores do município na madrugada de segunda-feira, 23.

"Ela se formaria em 2014 e apresentava um bom desempenho acadêmico, sempre dedicada e empenhada em suas atividades", informou, em nota, a PUC-Campinas.

A South American Explorers, apontada inicialmente como responsável pelo pacote de viagem da brasileira, negou ter intermediado a viagem da brasileira e afirmou ser uma organização sem fins lucrativos que apenas fornece informações turísticas por meio de seus quatro "clubhouses" (centros de informação especializada). "Não contratamos guias nem vendemos passeios", disse a gerente em Lima, Kara Seigal.

    Leia tudo sobre: perubrasilbrasileirosbrasileiros no exteriorvale do colca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG