Suspeito de ataque a cinema nos EUA comparece a tribunal

Com cabelos pintados de laranja, James Holmes vai à audiência judicial em Aurora, onde atentado deixou 12 mortos na estreia de 'Batman'

iG São Paulo | - Atualizada às

O americano James Holmes, 24 anos, suspeito de um ataque que deixou 12 mortos em um cinema de Aurora, no Colorado, compareceu à sua primeira audiência judicial nesta segunda-feira. Holmes, que não fez nenhuma declaração e ainda não foi formalmente acusado, estava com os cabelos pintados de laranja e parecia confuso.

A acusação formal só deve acontecer na próxima segunda-feira. Autoridades disseram que ele está se recusando a colaborar com as investigações e que podem levar meses para descobrir o que o levou a cometer o massacre na sexta-feira, durante a estreia do filme " Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge ".

Leia também: Vídeo mostra suspeito de ataque nos EUA em feira de ciências de colégio

AP
James Holmes, suspeito de ataque a cinema, comparece a audiência em tribunal de Aurora, no Estado americano do Colorado

Um procurador afirmou que está considerando pedir a pena de morte para Holmes, que está preso em regime de solitária desde sexta-feira. Ao ser preso no local do ataque, o jovem teria dito: " Sou o Coringa " - o rival do Batman.

Autoridades informaram que nos últimos dois meses Holmes havia comprado legalmente quatro armas em uma loja local e mais de 6 mil cartuchos de munição pela internet. O arsenal do agressor incluía mais de 3 mil cartuchos de munição para um rifle de assalto, 3 mil cartuchos para duas pistolas Glock e 300 para uma escopeta, indicou a polícia.

O apartamento de Holmes estava cheio de armadilhas , incluindo explosivos e líquidos suspeitos, o que levou a polícia, agentes do FBI e o esquadrão de bombas a evacuar os prédios da região. Durante o sábado, os especialistas conseguiram desativar as armadilhas e investigadores disseram que uma máscara do Batman foi encontrada no local.

Forças de segurança americanas têm investigado todos os detalhes da vida de Holmes em uma tentativa de entender o que poderia ter levado o jovem a cometer o massacre. Nascido em San Diego, Holmes teria se formado em neurociências na Universidade de Colorado e iniciado um doutorado no campus de Anschutz.

Ele teria desistido do curso em junho, mas as razões da desistência ainda não estão claras. De acordo com a ABC, Holmes falhou em uma prova importante recentemente, mas, segundo a universidade, alunos nessa situação têm chance de melhorar a nota com outras avaliações.

Segundo colegas, Holmes seria uma pessoa solitária e até agora a polícia americana não conseguiu encontrar evidências de sua atividade online - algo raro em casos semelhantes. Aparentemente o suspeito não tinha conta no Facebook nem no Twitter.

Esse foi o pior ataque nos EUA desde que um psiquiatra do Exército matou 13 soldados e civis na base militar de Fort Hood, no Texas, em 2009. Aurora fica a cerca de 15 km do centro de Denver e a apenas 32 km do local do massacre de 1999 na escola de Columbine, que matou 12 alunos, um professor e deixou 24 feridos.

Com AP

    Leia tudo sobre: euaataque em auroraatiradorbatmancolorado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG