Rupert Murdoch deixa direção de jornais britânicos, diz diário britânico

Reportagem de concorrente dos jornais do magnata afirma seu nome não consta mais  em registro oficial. Grupo se envolveu em escândalo de escutas ilegais em 2011

iG São Paulo |

O empresário Rupert Murdoch, da News Corp., deixou a direção dos jornais "The Sun", "The Times" e "The Sunday Times", publicações controladas por seu grupo. A informação foi divulgada pela edição digital do "The Telegraph", que é concorrente dos jornais de Murdoch. 

Leia tambémMurdoch admite operação para esconder grampos e pede desculpas

Parlamentares britânicos: Murdoch não tem condições de liderar grande empresa

O jornal cita como fonte o registro oficial público de empresas do Reino Unido, o "Companies House", e afirma que Murdoch deixou a direção das companhias News International Group, Times Newspaper Holdings e News Investments, subsidiárias da News Corp., na semana passada.

Além disso, a matéria do Telegraph diz que a decisão do magnata da mídia, dono do segundo maior conglomerado de mídia do mundo, alimenta as expectativas de que ele que está se preparando para vender seus jornais.

No ano passado, o tabloide dominical britânico News of the World, do grupo de Murdoch, foi o centro de um escândalo de escutas ilegais. Milhares de pessoas, entre elas atores, políticos, jogadores de futebol, apresentadores de TV e outras celebridades, tiveram seus telefones interceptados ilegalmente .

No dia 10 de julho de 2011, o tabloide mais vendido do país foi fechado por seu controlador, o grupo News International.

AP
Rupert Murdoch, dono da News Corp, e o filho James em foto de julho de 2011

* Com informações da EFE e da BBC Brasil

    Leia tudo sobre: murdochgramposreino unidonews of the worldescutas ilegais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG