Loja no Paraguai dá US$ 100 para quem fizer compras com roupas íntimas

Sessenta pessoas, entre paraguaios e brasileiros, participaram da promoção. Gerente diz que objetivo é aumentar vendas, que caíram após maior controle na fronteira com o Brasil

EFE |

EFE

Dezenas de pessoas, a maioria jovens, participaram neste sábado de uma promoção de uma loja na Ciudad del Leste, no Paraguai, e fizeram suas compras vestidos com roupas íntimas para receber como prêmio um vale de US$ 100. Ao todo, 60 pessoas, entre paraguaios e brasileiros, atreveram-se a participar da promoção, que atraiu o olhar dos curiosos e dos outros consumidores, informou o jornal "Vanguardia", de Ciudad del Este.

Entenda:  Crise no Paraguai causa tensão e esvazia comércio na fronteira com Brasil

O gerente da loja, Henry Martins, disse que o objetivo foi aumentar as vendas, que caíram recentemente devido aos severos controles da alfândega brasileira. "Vi na internet que na Alemanha um supermercado deu 250 euros para quem fizesse suas compras nus."

"Na Espanha, uma loja de roupas fez o mesmo por uma quantia similar, e por isso imaginei que isto também fosse possível em nosso país", explicou. Consciente do pudor dos moradores locais, Martins adaptou a promoção e deu os vales para quem fizesse compras com roupas íntimas.

Os mais ousados conseguiram em troca US$ 100 para adquirir produtos como brinquedos, bebidas, perfumes, eletrônicos, roupas, calçados, entre outros. Os comerciantes de Ciudad del Este vem adotando diversas iniciativas para incentivar o comércio no local, o que começou com a criação, em maio, de um grande dia de descontos, o "Black Friday".


    Leia tudo sobre: paraguailiquidaçõesciudad del esteblack fridayalfândega

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG