Pentágono permite que militares desfilem uniformizados em parada gay pela 1ª vez

Segundo Departamento de Defesa dos EUA, medida histórica é uma exceção para a Parada do Orgulho Gay de San Diego, prevista para sábado

iG São Paulo |

O Pentágono anunciou nesta quinta-feira que permitirá que seus membros marchem uniformizados na parada gay, pela primeira vez na história americana.

EUA: Senado aprova revogação contra gays no Exército americano

AP
Duas militares da Marinha americana se beijam na Parada do Orgulho Gay de San Diego de 2011

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos emitiu uma diretiva militar para dizer que estava fazendo uma exceção à sua política, que costuma vetar que militares marchem de uniforme em desfiles públicos.

A exceção foi feita para a Parada do Orgulho Gay de San Diego, que ocorrerá no sábado.

O Departamento de Defesa disse ainda que estava abrindo uma exceção porque organizadores do evento de San Diego convidaram membros do serviço militar dos EUA para particpar de uniforme, e a história estava atraindo atenção de todo o país.

A permissão, enfatizou o Pentágono, é apenas para a Parada deste ano de San Diego e não se estenderá depois disso.

Os organizadores da Parada do Orgulho Gay de San Diego deram boas-vindas à novidade.

“A Parada de San Diego está honrada em ter o privilégio de celebrar nosso país e nossos membros do serviço militar com dignidade e respeito”, disse o diretor executivo do evento Dwayne Crenshaw. “A luta pela igualdade não terminou e não é fácil, mas a permissão é um salto gigante na direção certa.”

*Com AP

    Leia tudo sobre: pentágonogayeuamilitaresdon ask dont tellsan diegoparada gay

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG