Indiano é detido por instalar cadeado na vagina de sua mulher

Crime só foi descoberto porque vítima foi internada em hospital após tentar suicidar-se; marido colocou cadeado há quatro anos para garantir sua fidelidade

EFE | - Atualizada às

EFE

A polícia indiana deteve na cidade de Indore um homem que perfurou a vagina de sua mulher para instalar um cadeado para garantir sua fidelidade, disse nesta quinta-feira à EFE uma fonte policial.

Abusos: Violência contra mulher expõe conflito entre nova e velha Índia

Vitória:  Indiana 'prometida' quando bebê consegue anular casamento forçado

Sohanlal Chauhan, um mecânico de 43 anos, levava consigo as chaves do cadeado quando foi detido pela polícia. Ele confessou que instalara o dispositivo havia quatro anos e o abria todos os dias ao chegar em casa.

O crime só foi descoberto porque a mulher, Sita Chauhan, de 38 anos, foi internada em um hospital após tentar suicidar-se e lá contou o que acontecia, disse o chefe da delegacia local, Shailendra Srivastav.

Todos os dias antes de ir trabalhar, Chauhan inseria o cadeado em dois buracos feitos com agulha na vagina de sua esposa e depois guardava as chaves em suas meias, informa o diário The Indian Express.

Trabalho infantil: Índia é abalada por caso de empregada doméstica de 13 anos

Manifestação: Afegãs protestam contra execução filmada de acusada de adultério

Segundo o jornal, Sita, que se casou quando tinha apenas 16 anos, denunciou também que seu marido se "comportava de modo incorreto" com sua filha mais velha. A polícia acusou formalmente o detido de crueldade e de ter causado lesões corporais graves.

    Leia tudo sobre: índiacadeadoviolência contra mulher

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG