Atingidos por fortes chuvas no Japão voltam para casa

Moradores retiravam lama das casas com pás, enquanto escavadeiras desbloqueavam estradas cheias de escombros e árvores; buscas por desaparecidos continuam

AFP |

AFP

Os moradores retirados de suas casas após as inundações no sudoeste do Japão voltaram para as suas casas nesta segunda-feira para limpar a lama que invadiu a região, enquanto a chuva que deixou ao menos 28 mortos diminui.

Sul do Japão: Mais de 5 mil estão isoladas pelas chuvas 

Depois de dois dias de calma, mais chuva caiu nesta segunda-feira à tarde na Ilha de Kyushu, que foi varrida por chuvas torrenciais entre quarta-feira e sábado.

Imagens transmitidas pela televisão mostravam pessoas retirando lama de suas casas com pás e carregando móveis para serem limpos, enquanto escavadeiras desbloqueavam as estradas cheias de escombros e árvores.

No domingo, as autoridades suspenderam a ordem de retirada dirigida aos cerca de 400 mil habitantes de Kyushu. Aproximadamente 6 mil pessoas ainda estão sob ordem de retirada.

As chuvas causaram estragos principalmente na cidade de Aso, no sopé de um vulcão, onde moradores foram mortos por deslizamentos de terra.

Helicópteros militares transportaram no domingo alimentos, água e remédios para os habitantes das regiões montanhosas de Yame, no distrito de Fukuoka, no norte de Kyushu.

Milhares de pessoas ficaram presas nas aldeias, inacessíveis devido à queda de árvores, aos deslizamentos e às inundações. O acesso às localidades foi restaurado no domingo e nesta segunda-feira. Quatro ainda estão desaparecidos.

Equipes de resgate percorreram os campos de arroz inundados e fizeram buscas nos rios para encontrar os desaparecidos, de acordo com as imagens da televisão. "Estamos aumentando nossos esforços para remover os detritos, porque muitas estradas permanecem cobertas de lama em vários lugares", declarou Masatatsu Minoda, funcionário da prefeitura de Kumamoto. "Mas vamos ter de encerrar as operações, caso recomece a chover violentamente".

Chuvas: Fortes enchentes trazem à tona lembranças do tsunami no Japão

Apesar de as condições meteorológicas terem melhorado no domingo e nesta segunda-feira, a Agência Meteorológica do Japão alertou para a possibilidade de mais chuva, o que poderia causar novos deslizamentos de terra em Kyushu.

Fortes chuvas também caíram no domingo na histórica Kyoto,500 kma leste de Kyushu.

    Leia tudo sobre: japãochuvaenchenteskyushutempestadedeslizamentoilha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG