Chuvas no Japão forçam evacuação de 400 mil pessoas

Segundo fontes oficiais, até o momento, pelo menos 20 pessoas morreram em consequência das chuvas. Outras nove pessoas estão desaparecidas

AFP |

AFP

Cerca de 400 mil pessoas receberam a ordem ou o conselho de abandonar suas casas neste sábado (14) no sudoeste do Japão, diante do terceiro dia consecutivo de chuvas torrenciais que já deixaram 29 mortos ou desaparecidos, anunciaram fontes oficiais e a imprensa.

A Agência Meteorológica Japonesa advertiu que podem ocorrer mais deslizamentos e inundações na ilha de Kyishu (sul), onde neste sábado ocorreram chuvas de até 110 milímetros por hora.  

As autoridades ordenaram a evacuação de cerca de 260 mil pessoas na parte norte da ilha, onde vários rios transbordaram, segundo a imprensa local. Os evacuados se refugiaram em escolas e em outros edifícios públicos.

Outras 140 mil pessoas receberam o conselho de abandonar suas casas para evitar um possível desastre, segundo funcionários contactados pela AFP nas quatro prefeituras de Kyishu afetadas.

As imagens de televisão mostravam torrentes de lama, água cheia de destroços e casas inundadas. O balanço de mortos era, até o momento, de 20 pessoas. Outras nove pessoas estavam desaparecidas.

    Leia tudo sobre: japãoclimachuvainundações

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG