Homem-bomba ataca cadetes da polícia no Iêmen

Ataque lançado contra academia de polícia na capital do país deixou ao menos 6 mortos; suspeitas recaem sobre Al-Qaeda da Península Arábica

iG São Paulo | - Atualizada às

Um homem-bomba deixou ao menos 6 mortos nesta quarta-feira ao atacar uma academia de polícia da capital do Iêmen, Sanaa, disseram médicos e policiais. Relatos iniciais indicavam que a ação havia deixado ao menos 20 mortos.

Ações frustradas:  Iêmen diz que impediu 13 atentados planejados pela Al-Qaeda

Uma fonte da polícia disse que a explosão aconteceu enquanto cadetes deixavam a academia, ao final das aulas. Médicos no local da explosão disseram que, além dos mortos, há dezenas de feridos.

Em 21 de maio, um homem-bomba usando uniforme militar detonou explosivos no coração das Forças Armadas do Iêmen, deixando 96 soldados mortos , durante ensaios para a parada militar que celebrava na capital do país o aniversário de unificação iemenita.

A Al-Qaeda na Península Árabe (AQAP), considerada pelos EUA o principal braço da rede terrorista , assumiu a autoria da ação lançada em maio.

Os militantes islâmicos ligados à Al-Qaeda prometeram levar sua luta por todo o Iêmen depois que uma ofensiva liderada pelos EUA os expulsou, em maio, das bases que tinham ocupado durante os protestos do ano passado contra o regime do ex-presidente Ali Abdullah Saleh .

*Com Reuters, AFP e AP

    Leia tudo sobre: iêmenataque suicidaal qaedaterrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG