Pai de aluno é feito refém em escola de Paris

Polícia se prepara para estabelecer contato com o sequestrador armado. Motivo da ação ainda é desconhecido

EFE | - Atualizada às

EFE

AFP
Corpo de elite da Polícia francesa chega ao local para estabelecer contato com sequestrador


O pai de um aluno foi feito refém nesta terça-feira por um homem em uma escola primária de Vitry, cidade situada nos arredores de Paris, confirmaram fontes da prefeitura local. O RAID, corpo de elite da polícia francesa, ainda não estabeleceu contato com o sequestrador, apesar de já estar no local.

O refém é um dos pais que foram deixar seus filhos na escola Charles Perrault, que depois de terminado o curso escolar serve como centro de atividades e de entretenimento.

As fontes explicaram que, quando o sequestrador chegou ao colégio, já havia outras crianças e adultos no local. Os alunos, ao notarem o "comportamento estranho" do homem, de cerca de 30 anos, conseguiram escapar por uma das janelas. Os edifícios localizado junto à escola foram esvaziados e foi estabelecido um perímetro de segurança, acrescentou a prefeitura.

Segundo essas fontes, os membros do RAID estão se preparando para estabelecer contato com o sequestrador, que está armado e do qual se desconhece a motivação. 

    Leia tudo sobre: françasequestrovitryparis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG