Obama e Romney aparecem empatados em pesquisa

Candidato republicano se defendeu de ataque democrata sobre fortuna escondida em paraísos fiscais e assegurou não ter nada a esconder sobre seu imposto de renda

iG São Paulo |

O presidente americano, Barack Obama, e seu adversário republicano, Mitt Romney , estão empatados na intenção de votos para as eleições de novembro , segundo a mais recente pesquisa The Washington Post/ABC divulgada nesta terça-feira.

Verba de campanha:  Romney arrecada US$ 35 milhões a mais que Obama em junho

A pesquisa aponta que os dois candidatos têm uma intenção de voto de 47%, de acordo com entrevistas feitas com 1.033 pessoas habilitadas para votar.

AP
Obama fala a eleitores no Kirkwood Community College, em Iowa

Trata-se de uma das recentes pesquisas de uma série que mostra que a disputa pela Casa Branca está muito apertada. Todas as pesquisas mostram diferenças a favor de um candidato ou de outro que estão dentro das margens de erros computadas.

Obama continua tendo como ponto fraco a crise econômica: 54% dos entrevistados desaprovam o modo com que conduz a economia. No entanto, 50% das pessoas afirmam que Obama compreende melhor que seu adversário os problemas econômicos dos EUA, contra 40% que pensam a mesma coisa de Mitt Romney.

Dos entrevistados, 58% dizem estar convencidos de que o atual presidente obterá em novembro um segundo mandato, contra 34% apostam que o vencedor da eleição de novembro será Romney.

Paraísos fiscais

Ainda nesta terça-feira, Romney assegurou que não tem nada a esconder sobre seu imposto de renda, em resposta a ataques dos democratas que o reprovam por não falar sobre as contas que teria no exterior.

Em entrevista concedida à Rádio Iowa, Romney assegurou que suas contas são administradas por um gestor e que ele mesmo não as supervisiona. "Nem mesmo sei onde estão essas contas", declarou o candidato republicano. "Esse administrador respeita todas as leis americanas. A totalidade dos impostos é paga como corresponde", acrescentou.

Saiba mais: Veja o especial iG sobre eleição nos EUA

Romney, que atua como comprador de empresas falidas e possui uma fortuna avaliada em US$ 250 milhões, declarou em 2010 rendas no valor de US$ 21,7 milhões, a maioria procedente de seus investimentos, e pagou cerca de US$ 3 milhões em impostos.

Os democratas atacaram Romney no fim de semana pedindo que o republicano publique mais registros fiscais próprios, além de levantar dúvidas sobre seus ativos fora do país. Os democratas alegaram que a maior parte da fortuna do republicano ex-governador do Estado de Massachusetts viria de uma rede pouco transparente de investimentos no exterior, da qual US$ 30 milhões de dólares estariam nas Ilhas Cayman.

AP
Candidato republicano trabalha como voluntário em campanha de doação Care and Share, em Colorado Springs

*Com AFP

    Leia tudo sobre: euaeleição nos euaobamaromneyparaísos fiscaispesquisaimposto de renda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG