Dona de restaurante onde Obama tomou café morre horas após cumprimentá-lo

Josephine Ann Harris sofreu aparentemente um infarto após presidente visitar seu estabelecimento em Ohio; segundo irmã, 'ela amava Obama'

EFE | - Atualizada às

EFE

A proprietária do restaurante Ann's Place, onde o presidente dos EUA, Barack Obama, parou nesta sexta-feira para tomar o café da manhã durante sua viagem de ônibus pelos Estados de Ohio e Pensilvânia, morreu algumas horas depois que Obama deixou o estabelecimento, aparentemente por causa de um infarto.

Economia: Desemprego segue forte nos EUA e estimula debate eleitoral

AP
Presidente dos EUA, Barack Obama, fala com clientes do Ann's Place em Akron, Ohio

Josephine Ann Harris, de 70 anos, foi levada de ambulância ao Centro Clínicos Geral de Akron, depois de se queixar de fadiga e uma sensação de formigamento, segundo informou o jornal local Akron Beacon Journal.

Josephine foi declarada morta às 11h18, segundo o Escritório Legista do Condado. Obama tinha deixado o restaurante às 8h42 hora local, apenas duas horas e meia antes.

A proprietária pôde cumprimentar o presidente, que tomou café da manhã em seu estabelecimento, ovos com bacon, na primeira parada do dia de seu ônibus de campanha, que viajava de Ohio para a Pensilvânia.

"Tenho certeza de que esse foi seu grande momento", disse Frankie Adkins, irmã de Josephine, ao saber de sua morte. "Ela amava Obama", declarou.

    Leia tudo sobre: obamaeuaeleição nos euaohio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG