Embarcação tinha a bordo 27 pessoas que observavam fogos de artifício em comemoração ao Dia da Independência dos EUA

Um iate cheio de espectadores de fogos de artifício naufragou no estreito de Long Island, leste de Nova York, no feriado do Dia da Independência dos EUA, matando três crianças entre 27 passageiros que estavam na embarcação no momento do incidente, indicaram nesta quinta-feira fontes policiais.

Dia da Independência: Feriado de 4 de julho e calor esvaziam as ruas de Nova York

Fogos de artifício são vistos sobre o Rio Hudson durante a celebração do 4 de julho em Nova York, EUA
AP
Fogos de artifício são vistos sobre o Rio Hudson durante a celebração do 4 de julho em Nova York, EUA

Alguns condados e regiões: Para evitar incêndios, 4 de julho será sem fogos de artifício

"Três passageiros morreram, um menino de 12 anos e duas meninas de 11 e 8 anos", informou uma porta-voz da polícia do condado de Nassau.

As pessoas a bordo do iate, de 10 metros de comprimento, encontravam-se perto da Oyster Bay (55 km a leste de Nova York) observando os fogos de artifício lançados pelo feriado nacional americano de 4 de julho, quando a embarcação naufragou por razões desconhecidas.

Depois de serem alertados, a polícia e os serviços da guarda-costeira conseguiram resgatar 24 sobrevivente em meio às difíceis condições por causa da escuridão no local.

No entanto, três crianças não foram encontradas. Seus corpos foram recuperados mais tarde no interior do barco, disse a porta-voz.

Ela acrescentou que as causas exatas do naufrágio não eram conhecidas, embora se especule que pode ter sido provocado por excesso de carga no iate ou pelas condições do tempo. Também há a possibilidade de que tenha sido causado pela passagem de outra embarcação, porque a área estava cheia de barcos que observavam os fogos.

*Com AP e AFP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.