Feriado de 4 de julho e calor esvaziam as ruas de Nova York

Apesar de pontos turísticos estarem mais calmos do que em outros feriados, parques que possuem áreas com churrasqueiras, passaram o Dia da Independência dos EUA lotados

Carolina Cimenti - Nova York |

Enquanto os nova-iorquinos esperam a noite cair para assistir ao show mais longo do ano de fogos de artifício sobre o Rio Hudson, o calor e o feriado de 4 de julho esvaziaram as ruas da cidade.

Dia da Independência: Para evitar incêndios, 4 de julho será sem fogos de artifício 

Os parques de Nova York, principalmente aqueles que oferecem áreas com churrasqueiras, como o Prospect Park no Brooklyn, estavam lotados. Mas os pontos clássicos de turismo e movimento, como o Soho, Union Square e até mesmo Times Square, estavam mais calmos e vazios que em qualquer outro feriado do ano.

Carolina Cimenti
Ruas do Soho, em Nova York, ficaram mais vazias do que em qualquer outro feriado

Apesar de as lojas terem ficado abertas com liquidações especiais, quase nenhuma estava cheia. Nem mesmo os artistas de rua, que costumam ocupar a quadra da Broadway entre as ruas Spring e Prince, apareceram para trabalhar. “Nós achamos que o movimento seria intenso, pedimos que todos os funcionários viessem hoje, mas pelo jeito as vendas serão mais baixas do que em um dia normal da semana”, reclamou Jessica Carter, gerente de vendas da loja Club Monaco no Soho.

Outro motivo para que Manhattan estivesse vazia foi o movimento intenso que Coney Island, no Brooklyn, recebeu nesta quarta-feira. Mais de 60 mil pessoas estavam presentes no fim da manhã nos arredores da lanchonete Nathan’s, onde há quase 100 anos é realizada a competição anual para ver quem consegue comer um maior número de cachorros quentes em apenas dez minutos. A competição sempre é feita no dia da Independência americana.

Este ano, na competição feminina, um recorde foi quebrado. Debaixo de um sol de 35 graus e praticamente nenhum vento, a chinesa Sonya Thomas deglutiu 45 cachorros quentes, levando para casa o bicampeonato e US$ 10 mil. Na competição masculina, Joey Chestnut não quebrou nenhum recorde, mas, ao comer 68 hotdogs em dez minutos, ganhou a sua sexta competição consecutiva.

Leia também: Obama declara área de desastre em região de incêndio no Colorado

Em Nova York, a apresentação de fogos de artifício, que deverá durar mais de 20 minutos, está prevista para logo depois das 21 horas locais. O melhor lugar para assisti-la é no lado oeste de Manhattan, na borda do Rio Hudson, ou do outro lado, em Nova Jersey.

Fogos

Alguns Estados americanos, como o Colorado e Indiana, cancelaram seus shows de fogos por dois motivos: evitar o risco de incêndios e economizar verba do Estado. Muitos Estados já haviam diminuído o evento nos últimos anos, mas com o calor intenso que começou, os riscos de incêndio cresceram muito.

O presidente americano, Barack Obama, passou o 4 de julho em Washington, entre celebrações de naturalização de novos americanos, a comemoração do aniversário de sua filha mais velha, Malia, e, ao fim do dia, como quase todos os outros americanos do país: aproveitando o feriado para comer um churrasco com os amigos no jardim de casa.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG