Explosões e ataque a mercado deixam 33 mortos no Iraque

Onda de atentados atingiu quatro cidades, sendo o pior deles contra movimentado mercado de  Diwaniya, que deixou 25 mortos e 40 feridos

iG São Paulo |

Explosões em um mercado e outros ataques deixaram 33 mortos e cem feridos nesta terça-feira no Iraque, em mais episódios na atual onda de ataques sectários.

Hábitos de consumo: Alimentados por riquezas do petróleo, shoppings florescem em Bagdá

AFP
Equipes de resgate e segurança observam área atingida por ataque em mercado de Diwaniya, Iraque

Tendência: Suicídios aumentam em região onde casamento arranjado é comum

A onda de explosões matutinas atingiu quatro cidades, sendo a pior ocorrendo contra o movimentado mercado de Diwaniya, a 150 km ao sul de Bagdá, onde um caminhão de vegetais cheio de explosivos deixou 25 mortos e 40 feridos.

A polícia anunciou um toque de recolher parcial em Diwaniya e fechou todos os acessos à cidade.

Antes, duas bombas deixadas em calçadas por onde passariam peregrinos xiitas deixaram quatro mortos e 21 feridos perto da cidade iraquiana de Kerbala, segundo fontes policiais e hospitalares.

O atentado com o carro-bomba aconteceu perto de uma mesquita xiita na qual os peregrinos se reúnem a caminho de Kerbala, onde celebram nesta semana um dos mais importantes imãs xiitas, Al-Mahdi.

Em junho, atentados deixaram 237 mortos e 603 feridos no Iraque, segundo contagem da Reuters, o que fez desse um dos meses mais sangrentos no Iraque desde a retirada das tropas americanas , no final de 2011.

Há temores de que o país voltará ao mesmo nível de conflitos sectários de 2006-2007, quando dezenas de milhares morreram. A Al-Qaeda iraquiana tem reivindicado alguns dos recentes atentados contra os xiitas.

*Com Reuters e AP

    Leia tudo sobre: iraquexiitassunitasataques sectários

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG