Washington, Maryland, Ohio, Virginia e West Virginia enfrentam as maiores dificuldades; violentas tempestades deixaram 12 mortos e interromperam fornecimento de energia

Reuters

A maior parte do leste dos Estados Unidos sofria de calor opressivo ao menos pelo terceiro dia seguido neste domingo, depois que violentas tempestades deixaram uma 12 mortos e interromperam o fornecimento de energia para três milhões de pessoas.

Foi declarado estado de emergência em Washington D.C., Maryland, Ohio, Virgínia e West Virginia no sábado (30) por causa dos danos causados por tempestades durante a noite, com ventos fortes como os de furacões.

Onda de calor nos Estados Unidos deixou regiões em estado de emergência; tempestades de verão causaram estragos e interromperam fornecimento de energia em algumas cidades
Reuters
Onda de calor nos Estados Unidos deixou regiões em estado de emergência; tempestades de verão causaram estragos e interromperam fornecimento de energia em algumas cidades

Leia mais: Violentas tempestades de verão atingem leste dos EUA

Leia também: Obama declara área de desastre em região de incêndio no Colorado

O presidente Barack Obama autorizou a Agência Federal de Gestão de Emergência (Fema, em inglês) a coordenar todos os esforços de apoio à devastada Ohio.

As tempestades ocorrem em meio a fortes temperaturas, que superaram os 38 graus em muitas cidades ao sul, incluindo Atlanta, onde os termômetros marcaram 41 graus, de acordo com a Accuweather.com.

A temperatura no sábado foi a maior já registrada em Atlanta e meteorologistas locais disseram que domingo deveria ficar apenas ligeiramente menos quente.

Sem energia

Funcionários de companhias elétricas trabalharam durante a madrugada para tentar restabelecer a energia para residências e empresas. Autoridades de algumas áreas disseram que o trabalho poderia levar até uma semana.

Vídeo: Incêndio faz 32 mil deixarem região no Colorado

Empresas elétricas em Ohio, Virgínia e Maryland descreveram os danos em suas linhas de transmissão como catastróficos.

Seis pessoas foram mortas na Virgínia em incidentes relacionados às tempestades, e mais de 1 milhão de clientes ficaram sem luz na pior queda de energia não relacionada a furacão na história do estado.

Dois moradores de Maryland morreram em tempestade, disse um porta-voz da agência de emergência do estado. Na atualização mais recente sobre a situação no domingo, 639 mil clientes ainda estavam sem luz, contra 1 milhão pela manhã.

Em Nova Jersey, dois primos com idade de 2 e 7 anos foram mortos quando uma árvore caiu em um parque. E no Tennessee o calor foi considerado o responsável pela morte de dois irmãos com idade de 3 e 5 anos, em Bradley County.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.