Pesquisa dá 13 pontos de vantagem ao opositor Peña Nieto no México

Enquanto candidato possui 38,4% das intenções de voto, esquerdista Andrés Manuel López Obrador tem 25,4% e Josefina Vázquez Mota, 20,8%

iG São Paulo |

O candidato da oposição à Presidência do México, Enrique Peña Nieto , tem uma vantagem de 13 pontos percentuais sobre o aspirante de esquerda Andrés Manuel López Obrador, segundo a última pesquisa da empresa Consulta Mitofsky antes das eleições de domingo.

Entrevista ao iG: Favorito à presidência do México quer parceria com Brasil 

AP
Propaganda eleitoral de Nieto na capital Cidade do México (25/6)

Peña Nieto, do Partido Revolucionário Institucional (PRI), obteve 38,4% das intenções de voto, levemente acima dos 37,6% obtidos em uma pesquisa semelhante na semana passada, enquanto que López Obrador conseguiu 25,4% das preferências, contra 24,3% anteriormente.

A candidata do governo Josefina Vázquez Mota continuou em terceiro lugar, com 20,8%, estável em relação à sondagem anterior.

Problema crônico: Candidatos à presidência prometem mudar guerra contra tráfico

Durante a campanha, os três principais candidatos à presidência do México prometeram uma grande mudança na estratégia do país na guerra contra o narcotráfico , dando prioridade à redução da violência no México, em vez de usar prisões e apreensões para bloquear o fluxo de drogas para os Estados Unidos.

*Com Reuters

    Leia tudo sobre: MUNDOMEXICOELEICOESPESQUISA

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG