Pesquisa: Esquerda francesa deve ter vitória apertada em eleição legislativa

Presidente francês pede comparecimento eleitoral no domingo após sinais de que terá de contar com partidos menores para aprovar medidas no Parlamento

Reuters | - Atualizada às

Reuters

As pesquisas finais antes da eleição parlamentar da França no domingo sugerem que o presidente François Hollande terá uma maioria apertada, mas com a qual conseguirá trabalhar dependendo do apoio dos aliados verdes e da esquerda radical.

Austeridade: Novo governo começa com redução de 30% dos salários do Executivo

AP
Presidente francês, François Hollande (E), recebe presidente palestino, Mahmoud Abbas prior, para encontro no Palácio do Eliseu

Jornalista: Nova primeira-dama francesa procura seu próprio caminho

Pesquisas dos institutos de opinião BVA, Ipsos e Harris apontaram o Partido Socialista, de Hollande, com pouco menos dos 289 assentos que precisa para ter a maioria dos 577 assentos da Assembleia Nacional, a câmara baixa, e os aliados com mais de 30 assentos.

Após obter a primeira vitória presidencial socialista desde 1988 no mês passado, Hollande pediu aos eleitores de seu partido que compareçam em peso no domingo, conforme prepara leis para apoiar a política de impostos e gastos do programa de sua campanha.

Leis para elevar impostos dos mais ricos e reverter um aumento nos impostos sobre vendas devem ser apoiadas pela esquerda radical, porém uma maioria muito estreita poderia deixar Hollande dependente dos conservadores e centristas para possíveis medidas para uma integração europeia mais próxima.

"Clamo os franceses a votar", disse Hollande na quinta-feira, durante uma visita ao norte da França, depois que as pesquisas previram que cerca de 40% dos eleitores não votariam. "Peço a eles para nos darem uma larga maioria, uma sólida e coerente."

A pesquisa da BVA deu aos principais partidos da ala de esquerda 32,5%, ou 36,5% com os aliados de Hollande do Partido Verde e 44,5% somando com a esquerda radical. O número compara-se aos 33,5% para o grupo conservador.

A Harris Interactive deu as partidos de esquerda 34% dos votos, ou 46% com os verdes e a extrema esquerda, em comparação a 33% da direita.

Uma enquete da Ipsos para o diário com tendência de esquerda Le Monde deu 31,5% para a esquerda, ou 41% por cento com a esquerda radical e os verdes, em relação a 34,5% para o bloco conservador.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG