Candidato presidencial republicano arrecadou US$ 76,8 milhões em maio, quase US$ 17 milhões a mais do que a campanha de reeleição do presidente dos EUA

O candidato presidencial Mitt Romney e o Partido Republicano ultrapassaram o presidente Barack Obama e os democratas em arrecadação pela primeira nesta quinta-feira, levantando US$ 76,8 milhões em maio. Obama e seu partido conseguiram US$ 60 millhões, o maior resultado dos democratas desde que o presidente lançou sua campanha de reeleição em abril do ano passado.

Disputa: Obama e Romney adotam campanhas diferentes pelos mesmos eleitores

Candidato presidencial republicano, Mitt Romney, gesticula durante comício de campanha em San Antonio, Texas (06/06)
AP
Candidato presidencial republicano, Mitt Romney, gesticula durante comício de campanha em San Antonio, Texas (06/06)

Paixões: Obama e Romney dividem paixão por frango, iPad e 'Jornada nas Estrelas'

O dado representa um pulo significativo na arrecadação de Romney, que em abril alcançou a soma de US$ 40 milhões, um pouco menos do que os US$ 43,6 milhões de Obama e seu partido no mesmo mês. Em março, a campanha democrata arrecadou US$ 53 milhões.

Em uma mensagem no Twitter, a equipe democrata assegura ter obtido no mês passado um total de 2,2 milhões de doadores, 147 mil deles novos, com uma doação média de quase US$ 55, enquanto 98% das contribuições foram inferiores a US$ 250.

"Estamos contentes com o apoio financeiro de uma grande variedade de eleitores", disse em um comunicado Spencer Zwick, chefe de finanças da equipe de campanha de Romney, afirmando também que o candidato recebeu doações de republicanos, independentes e até mesmo de democratas.

A campanha e o Comitê Nacional Republicano possuem US$ 107 milhões em dinheiro em mãos, informou a campanha.

*Com AP, AFP e Reuters

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.