Obama parabeniza Romney e pede debate saudável sobre futuro dos EUA

Líder dos EUA liga para republicano para felicitá-lo pela conquista do nº necessário de delegados para obter a candidatura à presidência

iG São Paulo |

O presidente dos EUA, Barack Obama, conversou nesta quarta-feira por telefone com Mitt Romney , que na terça-feira conquistou o número de delegados necessários para obter sua candidatura republicana para a eleição presidencial de novembro , e desejou um "debate saudável sobre o futuro dos EUA", anunciou a sua equipe de campanha.

AP
O candidato Mitt Romney cumprimenta seus partidários após discurso em evento da campanha em Las Vegas (29/5)
Nomeação: Romney vence primárias do Texas e assegura indicação republicana

Perfil: Quem é Mitt Romney, candidato republicano à presidência dos EUA

"Por volta das 11h30, o presidente ligou para o governador Romney para felicitá-lo por ter garantido a indicação republicana. O presidente disse que espera um debate importante e saudável sobre o futuro dos EUA e desejou sorte a Romney e à sua família para a campanha que virá", indicou em um comunicado o porta-voz da equipe democrata, Ben LaBolt.

O ex-governador de Massachusetts garantiu matematicamente sua candidatura à presidência dos EUA pelo Partido Republicano ao superar os 1.144 delegados necessários na primária do Texas, realizada na terça-feira.

Sua indicação, que será oficializada no final de agosto durante a convenção partidária em Tampa, Flórida (sudeste), já estava garantida após o abandono dos outros pré-candidatos na disputa.

Romney obteve 69% dos votos no Texas, contra 12% para Ron Paul, 8% para Rick Santorum e 5% para Newt Gringrich, informou o canal CNN após a apuração de 99% dos votos.

"Estou agradecido ao fato de os americanos em todo país terem apresentado seu apoio à minha candidatura e por ter conquistado delegados suficientes para ser o candidato presidencial do Partido Republicano em 2012", afirmou Romney.

Segundo uma pesquisa do site especializado RealClearPolitics, Obama e Romney estão tecnicamente empatados em intenções de voto, com uma leve vantagem para o mandatário: 45,6% a 43,6%.

    Leia tudo sobre: eleição nos euaromneyobamaeuarepublicanosdemocratas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG