Choque de embarcações deixa seis mortos na Argentina

Cargueiro argentino e rebocador paraguaio colidiram no sábado no rio Paraná; ainda há um desaparecido

AFP |

Equipes de resgate encontraram no domingo seis corpos no cargueiro argentino Rio Turbio, que afundou sábado depois de se chocar com um rebocador paraguaio no rio Paraná, no noroeste de Buenos Aires, enquanto outro marinheiro continua desaparecido, informou a prefeitura Argentina.

Costa Concordia: Navio naufraga e deixa mortos na Itália

Reuters
Cargueiro argentino Rio Turbio, que transportava areia quando colidiu com o navio paraguaio Ava Paraygua, é visto no rio Paraná a 80 km a norte de Buenos Aires (12/5)
De acordo com o prefeito Sergio Gaetán, todos os corpos "estavam muito perto da sala de jantar do navio". Mergulhadores, membros da guarda costeira e um helicóptero rastreiam a área procurando o último desaparecido.

O oitavo tripulante do navio argentino conseguiu ser resgatado com ferimentos leves pouco depois da colisão. O acidente ocorreu às 4h de Brasília de sábado no quilômetro 102 do rio Paraná perto da cidade de Zárate, a 95 quilômetros a noroeste da capital argentina.

Segundo a prefeitura, o rebocador Ava Payagua, que empurrava um barco com contêiner, não pôde completar a tempo a manobra de travessia do rio e se chocou com a embarcação argentina, que afundou em poucos minutos.

    Leia tudo sobre: navioargentinaparaguai

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG