Republicano reconhece 'diferenças' com ex-rival, mas diz que ele precisa 'de todos' para vencer Obama na eleição

O ex-pré-candidato à presidência dos EUA Rick Santorum anunciou na noite de segunda-feira seu apoio à candidatura de Mitt Romney, seu antigo adversário e provável escolhido do Partido Republicano para concorrer com o presidente Barack Obama, do Partido Democrata, nas eleições de novembro.

Leia também: Obama e Romney aparecem empatados em 12 Estados nos EUA

Os republicanos Rick Santorum e Mitt Romney durante debate na TV, quando ambos ainda disputavam a indicação republicana (22/02)
AP
Os republicanos Rick Santorum e Mitt Romney durante debate na TV, quando ambos ainda disputavam a indicação republicana (22/02)

Em comunicado, Santorum reconheceu que Romney e ele têm diferenças, mas disse ter ficado impressionado com o "profundo conhecimento" de Romney sobre economia e outras questões centrais da campanha durante um encontro com ele na semana passada.

"Acima de tudo, concordamos que o presidente Obama precisa ser derrotado. A tarefa não será fácil. Vamos precisar de todos para que o nosso candidato seja vencedor", disse Santorum. "O governador Romney será esse candidato e ele tem o meu apoio para vencer a eleição mais importante das nossas vidas."

Santorum anunciou a suspensão de sua campanha em 10 de abril, abrindo caminho para que Romney se torne o candidato do Partido Republicano. Com menos recursos do que Romney, Santorum fez uma campanha mais "apertada", viajando com alguns colaboradores em uma pick up.

Saiba mais: Veja o especial com tudo sobre as eleições nos EUA

Uma pesquisa divulgada na segunda-feira indicou que Obama e Romney estão estatisticamente empatados em 12 Estados-chave.

O levantamento feito pelo Gallup Inc. e o USA Today mostrou Obama com 47% de apoio e Romney com 45% nos Estados de Ohio, Virgínia, Colorado, Flórida, Iowa, Michigan, Nevada, New Hampshire, Novo México, Carolina do Norte, Pensilvânia e Wisconsin.

A margem de erro da pesquisa é de 4 pontos percentuais. Essa é uma disputa mais apertada do que em março, quando o presidente democrata tinha 51% e Romney, 42%.

Por trás dos números, no entanto, os partidários de Obama parecem mostrar mais apoio e mais entusiasmo pelo seu candidato do que aqueles que apoiam Romney..

Os resultados da Gallup, que não foram detalhados por Estado, mostraram apoio mais firme para Obama. Cerca de 36% dos eleitores nos 12 Estados disseram que certamente votarão em Obama em 6 de novembro, em comparação com 32% para Romney.

Com Reuters e AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.