Socialista François Hollande é eleito presidente da França

O candidato socialista obteve 51,7% dos votos válidos contra 48,3% do presidente conservador Nicolas Sarkozy, que reconheceu derrota

iG São Paulo |

O socialista François Hollande foi eleito presidente da França ao obter neste domingo  51,7% dos votos válidos no segundo turno das eleições presidenciais.

O atual presidente conservador Nicolas Sarkozy teve 48,3% dos votos válidos.

Líderes cumprimentam Hollande e pedem cooperação entre os países

O Ministério do Interior francês declarou a vitória de Hollande por volta das 0h50 locais de segunda-feira (19h50 de domingo em Brasília).

No entanto, a vitória de Hollande foi confirmada por todas as estimativas às 20h local (15h de Brasília) no encerramento oficial do segundo turno das eleições presidenciais francesas.

Nicolas Sarkozy reconheceu no início da noite deste domingo a vitória do seu adversário nas eleições presidenciais da França, o socialista François Hollande, que chamou de "novo presidente".

Em declaração pública, Sarkozy disse que "a França tem um novo presidente da República, após uma escolha democrática e republicana". Sarkozy é o primeiro presidente francês que não consegue se reeleger nos últimos 30 anos.

Nova primeira-dama francesa diz que continuará trabalhando

"François Hollande é o novo presidente da França e deve ser respeitado", declarou Sarkozy a seus partidários em Paris.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy é o primeiro líder do país a não se reeleger nos últimos 30 anos.

Sarkozy é o segundo presidente da história da França, após Valérie Giscard d’Estaing, em 1981, a disputar um segundo mandato em eleições diretas e não conseguir se reeleger.

Vitória

O socialista François Hollande declarou neste domingo que "os franceses escolheram a mudança" ao dar-lhe a vitória sobre Sarkozy.

Entre suas prioridades, o presidente eleito disse que estará a de impulsionar uma "reorientação da Europa rumo ao emprego, o futuro e o crescimento".

Eleitores de Hollande comemoram vitória na França

"Hoje mesmo, responsável pelo futuro de nosso de país, sei que a Europa nos olha. Tenho certeza que em certos países foi um alívio, uma esperança, já que a austeridade não podia seguir sendo uma fatalidade", declarou.

"Me comprometo a servir meu país com a entrega e exemplaridade que requer esta função", disse Hollande em suas primeiras palavras em Tulle, no centro do país, antes de viajar para Paris para comemorar sua vitória.

* Com AFP

    Leia tudo sobre: eleição na françahollandesocialista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG