Governo da Itália intercepta 79 imigrantes ilegais egípcios

Imigrantes estão bem, embora alguns apresentem leves quadros de hipotermia

EFE |

Agentes da Guarda de Finanças italiana interceptaram nesta terça-feira 79 imigrantes ilegais provenientes do Egito e 15 supostos contrabandistas nas águas de Mazara del Vallo, na comuna de Trapani, na Sicília.

Cerca de 30 desses imigrantes foram localizados quando viajavam em uma lancha que encalhou a poucos metros do litoral de Torretta Granitola, e o resto foi interceptado quando os contrabandistas se dispunham a transferi-los a lanchas para deixá-los perto da costa.

Os imigrantes, segundo as mesmas fontes, estão bem, embora alguns apresentem leves quadros de hipotermia. Todos foram amparados em tendas de campanha instaladas no estádio municipal de Mazara del Vallo, enquanto a Polícia realiza as operações para identificá-los.

Com o início da primavera no Hemisfério Norte, imigrantes ilegais começaram a chegar à costa do sul da Itália. Em 3 de abril foram localizados 48 deles em águas da ilha de Lampedusa, a mais próxima da África e considerada por muitos como a porta de entrada à Europa.

Segundo dados do Ministério do Interior, entre 1º de janeiro e 31 de julho de 2011 chegaram à costa italiana 48.036 imigrantes, em sua maior parte de origem líbia e tunisiana. Desde o começo de 2012, segundo informou a ministra do Interior, Anna Maria Cancellieri, alcançaram a costa italiana cerca de 1.500 imigrantes, frente aos 20 mil que chegaram no mesmo período do ano passado.

    Leia tudo sobre: itáliaegitoimigração

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG