Candidato socialista, Hollande diz que existem "condições de vitória" na França

François Hollande teve ligeira vantagem frente à Sarkozy. Segundo turno será realizado no dia 6 de maio

EFE |

O candidato socialista à presidência francesa, François Hollande, afirmou nesta segunda-feira que os resultados do primeiro turno lhe dão "condições de vitória" no segundo turno, que será realizado no próximo dia 6 de maio.

Leia também: Eleição na França vai a segundo turno com Sarkozy e Hollande

AP
François Hollande chega à sede de seu comitê de campanha

"Saberemos se ganhamos no dia 6 de maio, mas ontem houve um fato importante. Terminei na frente e superei em 1,5 pontos o presidente em fim de mandato. O total de votos da esquerda, que se colocaram detrás da minha candidatura, nos permite pensar que existem condições de vitória", destacou Hollande.

Após fazer esta declaração perante a imprensa ao sair de seu domicílio de Paris, o candidato socialista se dirigiu à sede de seu comitê de campanha para uma reunião. "Estamos confiantes", disse na chegada à sede Hollande, que pediu prudência e acrescentou que "resta pela frente uma campanha eleitoral" e que "é preciso respeitar a escolha dos franceses".

Terceiro lugar: Marine Le Pen é a grande surpresa do primeiro turno na França

Seu rival no segundo turno, o candidato à reeleição Nicolas Sarkozy, também se dirigiu ao quartel-general de sua campanha, mas não fez declarações à imprensa. Na votação realizada ontem Hollande alcançou 28,63% dos votos, na frente de Sarkozy (27,18%). A ultradireitista Marine Le Pen foi a terceira mais votada com 17,9%, seguida pelo esquerdista Jean-Luc Mélenchon (11,11%) e pelo centrista François Bayrou (9,13%).

    Leia tudo sobre: sarkozyle penhollandeeleição na frança

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG