Outros três agentes dos EUA deixam Serviço Secreto após escândalo

Comissão parlamentar alerta que mais agentes podem perder emprego após incidente em Cartagena; 11 militares também são investigados

iG São Paulo |

AP
Foto de 2008 mostra David Chaney (D), que se identificou no Facebook como membro do serviço secreto de Sarah Palin
O Serviço Secreto dos Estados Unidos disse que três outros agentes estão deixando o posto depois do escândalo envolvendo prostitutas na Colômbia , que ofuscaram a Cúpula das Américas em Cartagena no último fim de semana.

Cartagena: Acompanhante de luxo faz revelações sobre conduta de agente secreto dos EUA

Os supervisores David Chaney e Greg Stokes estão entre os outros três agentes que já deixaram o serviço secreto por conta do escândalo.

O presidente americano, Barack Obama, foi informado pelo diretor do Serviço Secreto Mark Sullivan sobre o escândalo na sexta-feira retrasada, o dia em que viajou para a Colômbia para participar do encontro.

Escândalo: Agentes dos EUA levaram ao menos 20 prostitutas a hotel, diz senadora

O escândalo foi divulgado depois de uma dipsuta entre um agente americano e uma prostituta em no Hotel Caribe, que fica de frente para o mar.

Mais de 20 mulheres podem estar envolvidas no escândalo com agentes do Serviço Secreto em Cartagena. Ao jornal americano The New York Times, uma mãe solteira de 24 anos disse que o agente havia concordado em pagar US$ 800 por sexo, mas acabou lhe oferecendo cerca de US$ 30 na manhã seguinte. 

Chaney, 48 anos, que trabalhava na divisão de programas internacionais, poderá se retirar do serviço, mas Stokes, agente especial da divisão de proteção especial K9, será demitido, de acordo com a imprensa americana. Um terceiro nome renunciou ao cargo diante das denúncias.

Mais cedo, legisladores que participam de um painel de investigação sobre o escândalo alertaram que mais agentes poderiam perder seus empregos.

Onze militares que prestavam apoioa ao Serviço Secreto Americano na Colômbia também estão sendo investigados, sendo seis deles do Exército, um da Força Aérea e dois da Marinha.

*Com BBC

    Leia tudo sobre: euaagenteserviço secretocolômbiacartagenacúpula das américas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG