Série de ataques no Iraque deixa ao menos 30 mortos

Extremistas lançaram 12 ataques na capital iraquiana e nas cidades de Kirkuk, Samarra, Baqouba, Dibis e Taji

iG São Paulo |

No período de mais de uma hora, uma série de ataques deixou ao menos 30 mortos e 99 feridos nesta quinta-feira em diferentes pontos de Bagdá e na Província de Salah ad-Din, ao norte da capital, disse uma fonte do Ministério do Interior do Iraque. Foram os primeiros grandes ataques no país árabe em quase um mês.

Leia também: Explosão de carro-bomba mata cinco no Iraque

AP
Pessoas observam destruição provocada por carro-bomba em Bagdá

No total, autoridades disseram que os extremistas lançaram 12 ataques na capital iraquiana e nas cidades de Kirkuk, Samarra, Baqouba, Dibis e Taji. Morteiros foram disparados nas cidades de Beiji e Tikrit, no norte, mas não há informações sobre feridos.

Metade das bombas atingiu forças de segurança e autoridades do governo - dois alvos frequentes para os insurgentes que ainda tentam minar os esforços iraquianos para se normalizar depois de anos de guerra e violência.

O ministro da Saúde iraquiano saiu ileso de uma tentativa de assassinato com um carro-bomba que explodiu durante a passagem de seu comboio pela Rua Haifa. Dois guarda-costas do ministro morreram no atentado e outros quatro ficaram feridos.

Leia também: Série de ataques no Iraque deixa ao menos 55 mortos

Nenhum grupo reivindicou a responsabilidade pelos ataques, mas o porta-voz do comando militar de Bagdá, coronel Dhia al-Wakeel, disse que eles se pareciam com os lançados pela rede terrorista Al-Qaeda. "Eles querem enviar uma mensagem de que podem desafiar a estabilidade que foi conquistada recentemente", disse al-Wakeel. "Isso não desencorajará nossas forças de segurança."

*Com AP e EFE

    Leia tudo sobre: iraqueataquecarro-bombaterrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG