Treze militares morreram em uma nova emboscada de remanescentes da guerrilha do Sendero Luminoso contra uma patrulha do Exército no sudeste de Peru, informou neste sábado o ministro da Defesa, Antero Flores Aráoz.

"O ataque com dinamite e granadas aconteceu na quinta-feira, e há um capitão, um suboficial e 11 soldados, entre as vítimas", disse Flores Aráoz, em entrevista coletiva.

A emboscada, que também deixou dois feridos e um desaparecido, aconteceu nas imediações do monte Ccompata, em uma zona remota perto do povoado de Sanabamba, província de Huanta, departamento de Ayacucho, 550 km ao sudeste de Lima.

A ofensiva do Sendero ocorreu horas depois de outra emboscada na mesma zona contra uma patrulha do Exército, que deixou um soldado morto e quatro feridos, informou a imprensa nesta sexta-feira.

Leia mais sobre: Peru

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.