MPE deve manter juiz-prefeito em Dourados (MS)

Eduardo Machado Rocha deve continuar à frente da administração municipal até as eleições de outubro próximo

Alessandra Messias, iG Campo Grande |

O MPE (Ministério Público Estadual) recuou e não deve dar prosseguimento a decisão judicial que autorizou a posse da vereadora Délia Razuk (PMDB) como prefeita de Dourados.

O juiz Eduardo Machado Rocha permanece como interino até as eleições de 3 de outubro. 

Na segunda-feira, o MPE recorreu da decisão judicial dada pelo desembargador João Carlos Brandes Garcia, que autorizou a posse da presidente da Câmara de Vereadores como prefeita de Dourados.

O agravo regimental feito pelo MPE pede que a decisão seja do Órgão Especial.

Após a Operação Uragano realizada no dia primeiro de setembro pela Polícia Federal, os políticos enfrentam protestos e a revolta da população, motivo dado pelo MP para evitar que Délia assuma a prefeitura, deixando o juiz-prefeito no cargo até dia 3 de outubro.

A manutenção do magistrado no cargo foi autorizada por Brandes Garcia. Após ser eleita presidente da Câmara de Vereadores de Dourados, Délia Razuk informou à justiça que estava na linha sucessória do juiz-prefeito, mas o recurso do MPE frustrou a posse.

O juiz diretor do Fórum tomou posse como prefeito interino depois da prisão do prefeito Ari Artuzi, na Operação Uragano. Como o vice-prefeito, Carlinhos Cantor, também está atrás das grades, o  desembargador pediu que a justiça autorizasse a posse de Délia. 

Se o desembargador não acolher o pedido do MPE e manter a sua decisão, o recurso será avaliado pelo Órgão Especial. O pedido pode ser julgado pelos magistrados amanhã. 

Na Câmara de Vereadores de Dourados, 11 dos 12 vereadores foram denunciados por corrupção. Tumultuadas e com protestos da população, as sessões ainda não foram normalizadas. Délia Razuk é a única vereadora que não recebeu pagamento de propina.

Na semana passada, a primeira tentativa de reunir os vereadores foi interrompida por uma sapatada no vereador Aurélio Bonatto (PDT).


    Leia tudo sobre: Eleições MSEleições MPE

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG