Os destaques do segundo final de semana da Mostra de São Paulo

Estreias na programação, documentário, conto de fadas do Irã e Woody Allen sul-coreano

iG São Paulo |

A Mostra de Cinema de São Paulo traz a 22 salas de exibição da capital paulista uma seleção de cerca de 250 títulos. O iG selecionou cinco filmes que poderão ser vistos neste final de semana.

Divulgação
"Low Life": protestos e amor proibido
"Low Life"
De Nicolas Klotz, França, 120 minutos
Em tempos de "Occupy Wall Street", a trama de "Low Life" parece bastante oportuna, ainda mais nas mãos ferinas do francês Nicolas Klotz, de "A Questão Humana". O filme mostra um grupo de jovens idealistas que vive numa espécie de comunidade, se dividindo entre o engajamento por questões sociais e uma rotina desregrada. Um protesto é o estopim da história de amor entre Carmen e o imigrante ilegal Hussein. Estreando neste fim de semana na programação da Mostra, "Low Life" foi escrito por Klotz e sua mulher, Elisabeth Perceval, que está no júri do festival.
Sábado (29), Unibanco Arteplex 1, 19h30
Domingo (30), Unibanco Arteplex 2, 19h40

Divulgação
"Projeto Nim": um macaco criado como humano
"Projeto Nim"
De James Marsh, Reino Unido, 99 minutos
Ganhador do Oscar de melhor documentário por "O Equilibrista", sobre a travessia que Philippe Petit fez entre as Torres Gêmeas na década de 1970, o diretor James Marsh volta ao período para resgatar a história do chimpanzé Nim. Na época, um grupo de cientistas acreditava que, se o animal fosse criado como humano, poderia aprender a se comunicar. O experimento não saiu como esperado e Marsh realizou outro filme tocante, mais uma vez usando material de arquivo com tanta propriedade que parece ser seu.
Sábado (29), Unibanco Arteplex 5, 21h40
Domingo (30), Cine Livraria Cultura 2, 17h30

Divulgação
O sul-coreano "O Dia Em Que Ele Chegar"
"O Dia em que Ele Chegar"
De Hong Sang-soo, Coreia do Sul, 79 min
O diretor sul-coreano ganhou a seção "Um Certo Olhar" em Cannes 2010 com "Hahaha" e, rápido, voltou ao festival neste ano com este "O Dia em que Ele Chegar". A fórmula usada no segundo filme continua a mesma: conversas entre amigos filmadas em preto e branco. Hong Sang-soo vem sendo saudado como o Woody Allen asiático. Se a ideia é tentar tirar suas próprias conclusões, a hora é agora: "O Dia em que Ele Chegar" tem suas últimas sessões na Mostra.
Sábado (29), Cine Livraria Cultura 2, 16h20
Domingo (30), Cine Sabesp, 14h

Divulgação
"Habemus Papam": pontífice com crise de nervos
"Habemus Papam"
De Nanni Moretti, Itália, 102 minutos
Depois de ter suas primeiras exibições canceladas, "Habemus Papam" segue firme na programação. O ator, diretor e roteirista Nanni Moretti ("O Crocodilo", "O Quarto do Filho") fez um registro bastante particular dos bastidores da escolha do papa. Enquanto a população espera ansiosa pela fumaça branca que anunciará o próximo chefe da Igreja Católica, no Vaticano os cardeais precisam lidar com o colapso nervoso do papa eleito – Moretti interpreta, inclusive, o psicanalista chamado às pressas e com discrição para solucionar o problema. "Habemus Papam" teve sua estreia no Festival de Cannes .
Sábado (29), Reserva Cultural, 17h50

Divulgação
"Frango com Ameixas": conto de fadas
"Frango com Ameixas"
De Marjane Satrapi, França, 91 minutos
Depois do sucesso de "Persépolis" (2007), versão cinematográfica da graphic novel homônima, a quadrinista iraniana Marjane Satrapi voltou a filmar uma obra sua, dessa vez com atores no lugar de animação – utilizada, é verdade, para contar alguns trechos da história, assim como um punhado de efeitos especiais. O músico interpretado por Mathieu Amalric ("O Escafandro e a Borboleta") decide morrer depois que sua mulher (Maria de Medeiros) quebra seu violino. Um conto de fadas cativante, para todas as idades, com um visual impressionante.
Domingo (30), Unibanco Arteplex 2, 22h

    Leia tudo sobre: mostra de são paulocinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG