Filme misterioso de Eduardo Coutinho será "surpresa" da Mostra

"Um Dia na Vida" terá sua "primeira e última sessão" no evento em São Paulo

Marco Tomazzoni, iG São Paulo |

Divulgação
Eduardo Coutinho: suspense para novo projeto
Um mistério paira sobre a 34ª Mostra de Cinema de São Paulo. É “Um Dia na Vida”, novo filme de Eduardo Coutinho.

Nada se sabe sobre o longa. Apenas que tem duração de 94 minutos, que é colorido e que a “coordenação geral” é de Eduardo Coutinho. Nada consta no site da Mostra. Não há créditos de equipe. A sinopse diz apenas que é um “material gravado como pesquisa para um filme futuro”. Outro ponto que empresta uma carga de mistério ao projeto: "Um Dia na Vida" terá sua primeira e última exibição nesta edição da Mostra. Quase um happening, portanto.

“Um Dia na Vida” será exibido às 21h do próximo dia 28. Logo após a sessão, haverá debate com as presenças de Coutinho, da atriz Fernanda Torres e do diretor Jorge Furtado ("O Homem que Copiava", "Saneamento Básico").

Após dois projetos ambiciosos – "Jogo de Cena", que tenta apagar a barreira entre realidade e ficção, e "Moscou", mistura de encenação e bastidores de uma peça de Tchecov – Eduardo Coutinho, 77 anos, deve, novamente, balançar o conceito de documentário.

Contatado pelo iG , Coutinho declarou através da produtora Videofilmes que não tem nada para falar. Segundo ele, o debate após a sessão servirá para isso.

De Porto Alegre, Jorge Furtado diz que também não sabe como é o filme. "Coutinho me ligou há dois meses convidando para participar. Não vi o filme, não sei do que se trata e não perguntei. Nem tinha certeza se era um debate; achei até que o próprio debate podia ser o filme. Do Coutinho, sempre espero novidade total", afirma o diretor. "Adoro o trabalho dele. Para mim, 'Cabra Marcado Para Morrer' é uma das melhores coisas do cinema brasileiro que já vi até hoje."

O diretor da Mostra de São Paulo, Leon Cakoff, se limita a dizer que se trata de uma "surpresa". Na Videofilmes, mesmo com a orientação de não dar informações, uma produtora se arriscou a dizer que é uma pesquisa montada em um longa-metragem. "A gente nem chama de filme."

A assessoria da Mostra admite que a falta de dados tem o objetivo de "gerar interesse". Resta saber se o público vai morder a isca. Palpite: deve.

Serviço – "Um Dia na Vida" na 34ª Mostra de São Paulo
Direção de Eduardo Coutinho (Brasil), 94 minutos
Cine Livraria Cultura 1, 28/10 (quinta), às 21h00, sessão 643

    Leia tudo sobre: eduardo coutinhoum dia na vidajorge furtado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG