Aniversário de Tarkóvski ganha ampla homenagem na Mostra de São Paulo

Cineasta russo completaria 80 anos em 2012; programação inclui exposições, retrospectiva completa, debates e lançamento de livro

iG São Paulo |

Divulgação
O cineasta russo Andrei Tarkóvski

Grande estrela da Mostra de São Paulo 2012 , o cineasta russo Andrei Tarkóvski (1932-1986), que teria completado 80 anos em abril, é alvo a partir desta semana de uma série de homenagens. Debates, retrospectiva, livro e exposições compõem o cardápio, supervisionado de perto por Andrei Andreiévitch Tarkóvski, filho do diretor, que está no Brasil para acompanhar o festival.

Siga o iG Cultura no Twitter

Um dos cineastas mais influentes e celebrados da segunda metade do século passado, Tarkóvski não fez filmes para multidões. Desde seu primeiro trabalho, "A Infância de Ivan" (62), ganhador do Leão de Ouro em Veneza, passando por obras-primas como "Andrei Rublev" (66), "Solaris" (72) e "O Espelho" (75), se dedicou a criar um cinema próprio, marcado pela beleza, espiritualidade e bem longe das narrativas convencionais – se é preciso paciência para mergulhar nas histórias, ela com certeza é recompensada.

Em "Esculpir o Tempo", livro de cabeceira de muita gente, ele revê seus filmes e esmiuça a preocupação em não fazer uma arte estanque, comprometida com a novidade e as inquietações do homem. Engajado apenas no cinema, Tarkóvski deixou com pesar a União Soviética em 1982 e morreu no exílio, na Itália, quatro anos depois.

Aline Arruda/Agência Foto
Andrei Andreiévitch Tarkóvski, filho do diretor, na abertura da exposição no Masp

Primeiro evento do calendário especial, o Museu de Arte de São Paulo (Masp) exibe a partir desta quarta-feira (17) a exposição "Luz Instantânea", uma série de 80 fotos polaroides, feitas pelo diretor na Rússia e Itália, entre 1979 e 1984. Belíssimas, as imagens, selecionadas pelo filho do cineasta, ilustram o cartaz desta edição da Mostra e serão reunidas no livro "Tarkóvski - Instantâneos" (R$ 48, 160 páginas, Cosac Naify), que ganha sessão de autógrafos no dia 20, às 20h, no Museu da Imagem e do Som (MIS).

Na sexta-feira (19), o Cinesesc abre a exposição "O Espelho da Memória", uma instalação com 30 fotografias, projeções de trechos de "O Espelho" e fragmentos de poemas escritos pelo pai de Tarkóvski, utilizados também no longa-metragem.

Três conferências vão debater a filmografia do diretor, com a participação do filho de Tarkóvski e especialistas internacionais. No dia 20, às 18h30, no MIS, a mesa "Tarkóvski: instantâneos da luz em um cinema" compara elementos das fotos nos filmes no diretor. No dia 21, às 19h, na FAAP, a conversa será sobre os documentários a respeito de Tarkóvski, enquanto no dia 23, às 19h, no CINUSP, o foco é a produção do cineasta no exterior, em seus últimos anos de vida.

A retrospectiva na Mostra de São Paulo reúne os sete longas e três curtas dirigidos por Tarkóvski, além de filmes sobre o diretor realizados por Chris Marker, Aleksander Sokurov, Yevgeny Borzov e José Manuel Mouriño – os dois últimos virão ao país para conversar com o público.

SERVIÇO - Andrei Tarkóvski na 36ª Mostra Internacional de CInema de São Paulo

Exposição "Luz Instantânea: Polaroids de Andrei Tarkóvski"
De 17 de outubro a 25 de Novembro de 2012
Masp (Avenida Paulista, 1578)
Terça a domingo, das 10h às 18h; quintas, das 10h às 20h
Ingressos: R$ 15 e R$ 7 (meia-entrada); gratuito às terças

Exposição "O Espelho da Memória"
De 19 de outubro a 25 de novembro de 2012
Cinesesc (Rua Augusta, 2075)
Todos os dias, das 14h às 21h30
Entrada franca

Retrospectiva Andrei Tarkóvski
Consulte a programação no site oficial

    Leia tudo sobre: mostra de são paulotarkóvskicinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG