LOS ANGELES ¿ O juiz Mitchell Beckloff da Corte Superior do condado de Los Angeles se pronunciará hoje sobre a gestão da herança de Michael Jackson e a tutela definitiva dos filhos do rei do pop.

Getty Images

Justiça também vai decidir tutela
definitiva dos três filhos do cantor

Em uma esperada audiência oral, Beckloff terá que decidir se mantém o advogado John Branca e o executivo John McClain como administradores únicos dos bens legados por Michael ou se outorga à mãe do cantor, Katherine, poderes para compartilhar esta responsabilidade, como quer a família do artista.

No dia 6 de julho o magistrado concedeu temporariamente a Branca e a McClain o controle sobre os ativos de Michael em cumprimento do testamento datado em 2002 no qual o cantor os nomeava gerentes de seu império, a fim de que fizessem crescer seu patrimônio e herança após sua morte.

Em sua última vontade conhecida, Michael apartava seus parentes da administração de seus bens, uma decisão que sua família não gostou e que tenta agora judicialmente que Katherine tenha acesso à tomada de decisões sobre o patrimônio do "rei do pop".

A mãe do artista, por outro lado, obterá previsivelmente o sinal verde do juiz para se tornar a tutora legal dos três filhos de Michael, Prince Michael, de 12 anos, Paris Michael, de 11 e Prince Michael II, de 7.

Leia mais sobre: Michael Jackson

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.