Fundo Michael Jackson pagará funeral do cantor nesta quinta-feira; saiba mais

LOS ANGELES ¿ Ao contrário do que ocorreu com os custos do memorial em homenagem a Michael Jackson, que foram pagos pela cidade de Los Angeles, o enterro privado do astro, que acontecerá nesta quinta-feira (03), às 23h de Brasília, será pago quase em sua totalidade com dinheiro do artista.

Redação com agências |

A mãe do cantor, Katherine, solicitou que o fundo fiduciário Michael Jackson Family Truste arcasse com as despesas do sepultamento e a justiça autorizou o pedido. O valor total da cerimônia, porém, não foi divulgado.

AP

"Os custos serão extraordinários, mas Michael Jackson era extraordinário", disse nesta quarta-feira Jeryll Cohen, advogada representante da família do cantor, em uma audiência realizada na Corte Superior de Los Angeles. Segundo ela, uma das razões para o alto preço é o fato de que foram compradas 12 covas, apesar de ainda não ter sido revelado o porquê.

Entre os gastos extravagantes relacionados com o funeral está a fatura de um restaurante de Connecticut, no leste dos Estados Unidos, que fornecerá bolinhos de ricota para a ocasião, informou ontem o site especializado em celebridades TMZ.

Hoje, mais de dois meses após sua morte, Jackson será sepultado em cerimônia privada para família e amigos, entre fortes medidas de segurança, que incluem restrições no tráfego aéreo na região.

Marlon, um dos irmãos de Jackson, declarou que os três filhos do cantor escreveram cartas a seu pai que serão enterradas junto a ele, da mesma forma que uma de suas célebres luvas brancas.

A cerimônia de enterro de Jackson, que morreu no dia 25 de junho em Los Angeles, será apenas para a família e amigos íntimos. Ainda segundo Marlon, a despedida durará 45 minutos e o réquiem ficará a cargo da cantora Aretha Franklin. A grande amiga de Jackson, Diana Ross, confirmou presença.

Leia mais sobre: Michael Jackson

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG